menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Servidores > SESMT

SESMT



Serviço Especializado em Engenharia

de Segurança e em Medicina do Trabalho - SESMT

Bento Gonçalves






SESMT

 

Complexo Administrativo - Rua 10 de novembro, 190 (fundos) - sala 7

Recepção: 3055-7121

Coordenação: 3055-7423 

Segurança do Trabalho: 3055-7137

 

Atendimento: 8h às 12h | 13h às 17h (às terças: 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia)






SESMT

O Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho - SESMT da Prefeitura de Bento Gonçalves é o setor responsável pelos serviços relacionados à segurança e saúde física e mental do servidor público municipal, com o principal objetivo de promover a saúde, proteger a integridade dos servidores e a melhoria dos locais de trabalho, reduzindo o risco ambiental a que o servidor esteja exposto na sua função ou no seu ambiente de trabalho e incentivando a prevenção de doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. Para isso o setor identifica e quantifica os agentes de risco ambiental no local de trabalho.

 

O setor iniciou suas atividades em 25 de agosto de 2008 e está sob a coordenação da Secretaria de Administração.





Serviços do SESMT 

 

O SESMT atua nos seguintes serviços: medicina do trabalho, enfermagem do trabalho, psicologia, fisioterapia, segurança do trabalho.


O Centro de Fisioterapia foi inaugurado no dia 02 de abril de 2013.





Equipe do SESMT
 

A equipe conta com os seguintes profissionais (09/2018):

 

- Enfermeira do trabalho - coordenadora do setor

- Médico do trabalho

- Médica examinadora

- Técnico de segurança do trabalho

- Psicóloga

- Fisioterapeuta

- Recepcionista

  

 

Atividades do SESMT

 

O setor elabora e acompanha os seguintes programas e atividades:

 

- Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA: Identifica os agentes de riscos em todas as áreas de atividades desenvolvidas pelos servidores, em cada secretaria, órgão, departamento ou setor. Os agentes de riscos são específicos para cada atividade e divididos em categorias: químicos, físicos, biológicos e ergonômicos. 

 

A partir de levantamento dos riscos são definidos os EPI's por cargo e função e realizado treinamentos para seu uso e cuidado. 

 

- Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO: É elaborado a partir do PPRA e tem por objetivo especificar procedimentos e condutas a serem adotadas em função dos riscos aos quais os servidores se expõem no ambiente de trabalho. Ele visa prevenir, detectar precocemente, monitorar e controlar possíveis danos à saúde do servidor. Envolve a realização dos exames médicos: admissionais, periódicos, para adequação de função, para retorno ao trabalho e demissionais.  

 

- Análise preliminar e levantamento dos riscos do ambiente de trabalho.  

 

- Visitas técnicas nos locais de trabalho. 

 

- Elaboração de laudos técnicos na área de saúde e segurança do trabalho. 

 

- Atendimentos de fisioterapia.  

 

- Atendimentos de psicologia.  

 

- Treinamentos e palestras na área de saúde e segurança do trabalho. 

 

- Verificação e adequação de extintores. 

 

- Prevenção, controle e investigação de acidentes do trabalho: Os registros de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais são documentados pelo SESMT e pelo setor de recursos humanos. É através da junta médica pericial que são feitas as homologações dos atestados médicos de servidores que necessitem de afastamento. O setor acompanha o tratamento do servidor e a sua readaptação funcional quando do retorno ao trabalho.

 

- Controle estatístico de afastamentos do trabalho. 

 

 

 

 

Acidentes de trabalho

 

Os Acidentes de Trabalho devem ser comunicados em um prazo máximo de 24 horas.


Tipos de acidentes:

- Acidentes típicos: são os acidentes decorrentes da característica da atividade profissional desempenhada.

- Acidentes de trajeto: são acidentes ocorridos no trajeto entre residência e local de trabalho.

 

 

Procedimento para comunicação de Acidente de Trabalho para cargos efetivos:

1) Preencher a 'Comunicação de acidente de trabalho' (disponível em Arquivos, abaixo). 


Anexo I: esta parte da comunicação de acidente deve ser preenchida no local de trabalho relatando como ocorreu o acidente. Deve ser assinado pelo Secretário ou seu substituto (coordenador do setor, diretor).

Anexo II: ao encaminhar-se para atendimento médico na UPA, o anexo II deve ser preenchido pelo médico que prestar o atendimento.

Anexo III: somente é preenchido se for necessário atendimento da Medicina Especializada. O anexo III deverá ser preenchido pelo especialista. 

 

2) Entregar a 'Comunicação de acidente de trabalho' no Sesmt com maior brevidade possível. Se houverem solicitações de exames e/ou encaminhamentos para serem agendados ou atestados de afastamento para serem abonados, entregar nesse momento.

 


Organograma de procedimento para comunicação de acidentes de trabalho

 

Arquivos:

- Comunicação de Acidente Trabalho - Anexos I, II e III >> 

 

- Decreto 6616 (18/08/2008) - Regulamenta a comunicação e atendimento médico em acidente de trabalho >>

 

   

 

 

Procedimento para comunicação de Acidente de Trabalho para cargos contratados, comissionados e terceirizados:

 

Preencha a Comunicação de Acidente de Trabalho - CAT modelo da Previdência em quatro vias. Contratados e comissionados devem entrar em contato com o SESMT ou setor de recursos humanos para mais informações. Terceirizados devem entrar em contato com a empresa contratante.

Modelo de CAT da Previdência

 

 

 

 

Junta Médica Pericial 

 

Junto ao SESMT atua a Junta Médica Pericial que é composta por três médicos peritos.
 

Horário de abono de atestados médicos:

Diariamente: 10h45 às 11h45



Horário de perícias médicas:

Terças-feiras: 11h45 (por ordem de chegada)