menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

X Semana da Consciência Negra é aberta na Fundação Casa das Artes
14/11/2017 16:06 atualizada em 14/11/2017 16:55

“Sonho com o dia em que todos levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos”, foi evocando a frase de Nelson Mandela, que o presidente da Sociedade 20 de Novembro, Oscar Gonçalves, abriu as atividades que compõem a X Semana da Consciência Negra em Bento Gonçalves, em solenidade ocorrida na noite desta segunda-feira, 13, na Fundação Casa das Artes.

 

A frase expõe um ideal a ser debatido e conquistado. A opressão racial é uma intolerância que precisa ser combatida. O dia 20 de novembro, no Brasil, alude a uma série de fatos históricos que “traz uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura afro-brasileira no desenvolvimento antropológico e social da nação”, destaca Gonçalves. 

 

Em seu pronunciamento, o presidente da Câmara de Vereadores, Moisés Scussel, enfatizou que “não existe diferença entre seres humanos. Muitas vezes, a diferença somos nós que fizemos, quando na verdade ela não deveria existir. Esse dia nos lembra que temos muitas barreiras a serem superadas, mas é com momentos assim de valorização das etnias e das raças que iremos nos aproximar da igualdade e da fraternidade”.

 

O secretário da Cultura e presidente da Fundação Casa das Artes, Evandro Soares, expressou a urgência de promover atividades contra o preconceito não só no dia 20 de novembro. “Que seja um exercício constante da nossa condição humana para que possa diminuir nossos obstáculos e possamos cada vez mais respeitar o próximo”, destacou.

 

Ao final, o Coral da Fundação Casa das Artes e o grupo Ciclos de Percussão realizaram uma apresentação em conjunto.

 

A X Semana da Consciência Negra é realizado pela Prefeitura por meio das secretarias de Cultura e de Educação, Fundação Casa das Artes, Sociedade 20 de Novembro, Ciclos de Percussão, Coordenadoria da Mulher/Centro Revivi e Akara Produções.

 

Programação

Exposição “Faces da Miscigenação – Retratos do Cotidiano”, do artista plástico Pablo do Rosário, no Museu do Imigrante. A mostra fotográfica promove uma reflexão sobre as questões de imigração e racismo na atual sociedade brasileira, ressaltando que todo ser humano merece o devido respeito, indiferente da cor, religião ou gênero.

Local: Museu do Imigrante

Período de visitação: 13 a 30 de novembro

Horário: 8h às 11h45 e 13h30 às 17h45

 

Dia 14

Palestra “Identidade, Comportamento e Cidadania”, com Augusto Bouças, para alunos do 8º e 9º e Ensino Médio

Horário: 8h30

Local: Sala Pública de Cinema Fundação Casa das Artes

 

Dia 16

Sessão de Cinema Comentada

Horário: 20h

Local: Auditório do Bloco J da UCS-CARVI

 

Dia 17

Roda de Conversa na Praça Walter Galassi

Horário: 17h

Participação das entidades Sociedade 20 de Novembro, Secretaria de Educação, 16ª Coordenadoria Regional de Educação, Associação de Haitianos, Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas do Instituto Federal do Rio Grande do Sul e Coordenadoria da Mulher/Centro Revivi.

 

Dia 18

Costelão

Local: CTG Laços da Amizade

Horário: 20h30min

 

Dia 19

Sarau Poético e Cultural – com os DJs Filho Bréda e Zonatão, apresentação da Urbanology, roda de pagode com o grupo C'dusamba, recital de poesias/textos e oficinas de capoeira (Grupo Abadá) e percussão (Grupo Ciclos de Percussão).

Horário: 15h

Local: Praça Achyles Mincarone – Igreja Redonda

 

Dia 20

Abertura dos "16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra a Mulher" com panfletagem com promoção do REVIVI.

Horário: 13h30min

Local: na Praça Vico Barbieri

15h - Participação na Sessão da Câmara de Vereadores

 

Assessoria de Comunicação Social

Fotos: Jose Martim Estefanon    

BANCO DE IMAGENS