menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

Rede Cenecista completa 70 anos
02/08/2013 10:16 atualizada em 02/08/2013 10:50

A Campanha Nacional de Escolas da Comunidade (CNEC) completou 70 anos no dia 29 de julho. Para comemorar a data o Colégio Cenecista São Roque, realizou uma grande comemoração nesta quinta-feira, 01. Ainda no ritmo das festas juninas, o evento reuniu empresários, alunos, pais, imprensa e comunidade, no Ginásio de Esportes.

 

Conforme o diretor da unidade de Bento Gonçalves, Vercino Franzoloso, a instituição Cenecista foi resultado dos sonhos de um grupo de estudantes universitários, sob a liderança de Felipe Tiago Gomes que em 1943, no Recife, criaram a primeira escola- o Ginásio Castro Alves. "O ginásio apenas era uma meta dos estudantes, mas a ideia se espalhou, e se transformou na maior obra de ensino comunitário das Américas, com unidade de direção", destaca.

 

O diretor ainda ressalta que a instituição está sempre comprometida com a comunidade e na formação de novos profissionais. "Temos que crescer e se desenvolver. Somos movidos por querer uma educação melhor", afirma.

 

O Prefeito Guilherme Pasin destacou a importância da instituição, que a sete décadas faz acontecer a educação no país, e principalmente em Bento Gonçalves. "O sucesso do Cenecista no nosso Município é uma consequência da credibilidade que a comunidade em geral dá a está equipe, e principalmente pelo esforço e empreendedorismo do Diretor Vercino Franzoloso", disse. 

 

O CNEC mantem hoje no Brasil mais de 134 unidades de Educação Básica, 21 unidades de Ensino Superior, atuando na maior parte do território nacional.

 

Cenecista em Bento Gonçalves

A história do CNEC e Bento iniciou quando o então vigário da paróquia de São Roque, Pe. Ernesto Sbrissa, realizando visitas às famílias da localidade se deu conta de que elas não tinham condições de mandarem seus filhos estudar fora do município. Entrando em contato com a rede de ensino gratuito, por meio da Campanha Nacional de Educandários Gratuitos, em 1961, estava criado o Ginásio São Roque, no então 6º distrito de Bento Gonçalves, com funcionamento nas dependências do Grupo Escolar General Amaro Bittencourt.

Em 1962, iniciou-se a construção do atual prédio do Colégio. Construção que só foi possível graças à ajuda de toda a comunidade e do 1º Batalhão Ferroviário com sede no local, com a realização de campanhas de arrecadação de material. Em mutirão, cada morador trabalhava em suas horas de folga na construção do prédio.   Em 1964, o Ginásio São Roque passou a funcionar em prédio próprio. De 1966 a 1969 o colégio foi administrado pelas irmãs Bernardinas. A partir de 1978 o então Ginásio São Roque passa a denominar-se Escola Cenecista de 1º Grau São Roque.  

O Colégio Cenecista sempre esteve voltado a atender as necessidades da comunidade, inicialmente, oferecendo o curso Ginasial, além da 1ª a 4ª série. Em 1979, agregou o Jardim de Infância e em 1995, com a denominação de Escola Cenecista de 1º e 2º graus São Roque, capacitando os indivíduos para enfrentarem o mercado de trabalho.   A partir de 1996, implantou o curso Supletivo, atual Educação para Jovens e Adultos (EJA). Em 1999, a Escola Cenecista adotou o nome de Colégio Cenecista São Roque.    

A portaria nº 1.493/98 criou o Centro de Ensino Superior de Bento Gonçalves, inaugurado em 3 de abril de 1998. Com a aprovação de novo regimento pela portaria nº. 3.437, a partir de 11 de dezembro de 2002 passa a ser denominada Faculdade Cenecista de Bento Gonçalves (FACEBG). Teve como fundador  Vercino Franzoloso.  

Em 2 de fevereiro de 1998, o colégio cenecista e a faculdade cenecista foram unificados, criando o Complexo de Ensino Cenecista de Bento Gonçalves.    

 

Assessoria de Comunicação Social Prefeitura 

Foto:Emanuele Nicola

 

 

BANCO DE IMAGENS