menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

Prefeitura e comunidade iniciam mutirão na UBS dos bairros Tancredo Neves e Conceição
01/09/2013 10:13 atualizada em 01/09/2013 10:36

Cerca de 40 pessoas iniciaram neste sábado um mutirão para a construção das paredes externas do pavimento inferior da UBS dos bairro Tancredo Neves e Conceição. A iniciativa reuniu pedreiros e serventes profissionais, além de ajudantes que, apesar de não praticarem a edificação no cotidiano, se alegram em contribuir com a obra.


Para agilizar a construção e diminuir os gastos com mão de obra, serão realizados os movimentos em finais de semana para não interromper o trabalho diário dos voluntários. A Prefeitura forneceu o material e equipamentos necessários e a comunidade, a mão de obra. Todos são moradores dos bairros Tancredo Neves, Juventude, Conceição , São Carlos, Vista Alegre, localizados no entorno da unidade. A previsão dos moradores é de que a obra seja concluída em 30 dias.   De acordo com o prefeito Guilherme Pasin, a promoção do mutirão no bairro é uma forma de democratização dos serviços públicos. "Organizar serviços como este é uma forma de estar lado a lado com a população, pois faz  a comunidade  participar de ações e se sentir responsável pelo bem público", afirma.  

 

Com obras paralisadas desde 2012, o local passou a abrigar drogados, desocupados e moradores de rua, oferecendo risco à segurança das pessoas. O projeto original previa a construção de dois pavimentos, sendo que no pavimento superior o prédio deveria ser erguido com estruturas metálicas e com paredes constituídas de chapas duplas de aço galvanizado, revestidas de isopor. A atual administração pública pretende concluir a UBS em alvenaria, mas precisa de uma avaliação técnica do engenheiro responsável pelo projeto. Enquanto isso, moradores e servidores públicos estão providenciando o fechamento da parte inferior.  

 

Para o presidente da Associação de Moradores do Bairro Conceição, Luiz Antônio de Oliveira, a atividade é um bom exemplo de que é possível integrar a municipalidade em torno de um único objetivo. "Isso é resultado da nossa união. A gente se mobilizou, desde 28 de março e decidimos fazer isso para  prevenir problemas mais graves",  salienta.

 

 

Assessoria de Comunicação Social Prefeitura

Foto: Gustavo Bottega

ÁUDIOS

BANCO DE IMAGENS