menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

“Lá na casa da minha vó” evoca a polenta como patrimônio cultural
06/12/2018 13:34 atualizada em 06/12/2018 15:36

A história da imigração italiana em Bento Gonçalves é constituída por vários aspectos. Nesta jornada, a Culinária é um bem cultural que se configura em saber, ofício e modo de fazer de uma coletividade, sendo transmitida de geração em geração. O documentário “Lá na casa da minha vó”, dirigido por André Maioli, traça uma panorama da história da polenta, de 1530 a 2018. 

 

Nessa trajetória, vê-se que o alimento tem variadas formas de preparo e viaja pelo tempo mantendo a essência da simplicidade, para qualquer da idade, cultura ou classe. De acordo com Maioli, “temos a memória do imigrante, representada por uma senhora de 90 anos com seu método e o chef que adaptou o prato para paladares mais críticos e/ou exigentes. Vemos gerações envolvidas com a mesma base, o mesmo processo, porém em tempos diferentes”.

 

A polenta de milho é uma característica do povo italiano, principalmente da Região do Vêneto, principal local de origem dos que imigraram para Bento Gonçalves. Cada região apresenta suas texturas e formas de preparo diferentes. Sabe-se que a paciência no preparo e modo de servir pode ser considerado único. São esse os detalhes que o documentário pretende preservar e revelar. Não se trata de mais um filme gastronômico, mas um documento que reúne as características adquiridas pelas influências do meio e das circunstâncias que pertencem ao povo da região, numa determinada época e que a agora estão sendo disseminadas e as transformações que o preparo teve com o passar dos anos.

 

O filme teve locações numa casa na colônia, típica de imigrantes italianos, depois para uma cozinha industrial moderna e por último o reflexo dessa cultura nas gerações mais recentes. “Lá na casa da minha vó” foi contemplado pelo Fundo Municipal de Cultura.

 

Ficha técnica

Direção Geral: André Maioli

Roteiro: Ana Paula Nicolini

Edição: Tiago Flaiban

Diretor de Fotografia: André Maioli

Assistência de direção: Rodrigo Nicolini

 

Serviço

O que: “Lá na casa da minha vó”, de André Maioli

Quando: 8 de dezembro

Horário: 15h30

Onde: Sala Pública de Cinema da Fundação Casa das Artes – Rua Herny Hugo Dreher, 127, bairro Planalto

Entrada gratuita

 

Assessoria de Comunicação Social

Fotos: Divulgação/André Maioli