menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

Exposição "Através de um Lápis Preto" inicia na casa das artes
28/06/2017 09:20 atualizada em 28/06/2017 11:03

É com o lápis preto que a história de Julia Pasquali está sendo desenhada. Aos 13 anos, a garota irradia felicidade ao falar da sua primeira mostra. “Ia desenhando mais por brincadeira, nunca pensei que pudesse virar uma exposição”, conta. De 4 a 31 de julho, a Casa das Artes recebe a mostra “Através de um lápis preto”.

 

Seu interesse pelo desenho começou há oito anos, quando ficou internada por 15 dias por conta de uma osteomielite. Para distraí-la do “pesado ambiente hospitalar”, as enfermeiras lhe traziam papel e lápis de cor. Após a alta, pediu aos pais que comprassem materiais para praticar em casa. Gostava de colorir e ensaiar os primeiros rabiscos com personagens de contos de fada e de histórias infantis. Com o passar do tempo, a frequência dos traços e a qualidade das criações foi evoluindo. Foi apenas no ano passado que o hobby passou a ser levado a sério.

 

O primeiro reconhecimento de sua arte surgiu quando dois desenhos seus – um pássaro e uma borboleta estilizados com notas musicais – foram escolhidos para estampar embalagens de presente da livraria Aquarela.  Frequentadora do lugar, ela costumava comprar ali os adesivos que colecionava na infância e, à medida que o seu talento era lapidado, investia também nos apetrechos necessários para desenhar. Rosa Milani, uma das proprietárias, encantou-se com as ilustrações e teve a ideia de eternizá-las nos embrulhos.

 

Embora ainda seja nova para pensar os rumos profissionais, ela pretende seguir em alguma área que tenha afinidade com o desenho, como design ou arquitetura. “Eu me sinto muito bem desenhando, bem à vontade, bem solta”, comenta.

 

A exposição

As obras de Julia na Casa das Artes, Rua Henry Hugo Dreher, 127, bairro Planalto, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h45 e das 13h30 às 22h. A entrada é franca e a artista se encontrará na exposição nas terças, quintas e sextas-feiras das 15h às 20h.

 

 

Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura

Fotos: Divulgação

BANCO DE IMAGENS