menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias > notícia

Agência de Notícias

Bento Gonçalves: a capital das águas em 2013
18/11/2013 11:34 atualizada em 18/11/2013 13:54

Até a próxima sexta-feira, dia 22, Bento Gonçalves se transforma na capital das águas em 2013. Aberto oficialmente neste domingo, dia 17, o XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, realizado na Fundaparque, é espaço de discussão e promoção de novos conhecimentos na busca de melhores soluções para os recursos hídricos neste mundo em mudança. Esta é a maior edição do evento já realizada, atingido o número de 1.500 inscritos, um aumento de 45% em relação à última edição, realizada em Maceió. O evento extrapola as fronteiras do Brasil, contando com a presença de conferencistas e palestrantes de renome internacional, com representantes de pelo menos sete países. O simpósio é promovido pela Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH) e conta com apoio da Prefeitura de Bento Gonçalves.            

 

Alinhado com as tendências mundias o simpósio tem como tema central Água - Desenvolvimento Econômico e Socioambiental. "As grandes transformações que se aceleram em escala mundial geradas pelo efeito combinado do crescimento da população urbana, do déficit de infraestrutura necessária ao desenvolvimento econômico e redução de pobreza, da degradação da qualidade da água e de ecossistemas e dos impactos das alterações climáticas tornam cada vez mais complexa a gestão da água, exigindo conhecimento cada vez mais específico e articulação de esforços entre governos, instituições públicas empresas, academia, o terceiro setor e a sociedade de maneira geral", salienta o presidente da ABRH, Luiz Gabriel Todt de Azevedo.            

 

Segundo o presidente, o aprendizado gerado com a realização do evento será condensado na apresentação da Carta de Bento Gonçalves, representando mais uma contribuição da ABRH para a política nacional de recursos hídricos na busca por um modelo de gerenciamento de maior consistência institucional, com a visão mais realista e pragmática, sob o entendimento de que o processo é contínuo, porém sujeito a ajustes, correções de rumos e incorporações de avanços conceituais e metodológicos.            

 

Para o presidente do Conselho Mundial da Água, Benedito Braga, as discussões buscam encontrar o balanço correto entre os pilares do ecodesenvolvimento sustentável. "As dificuldades são muitas, mas existe razão para o otimismo. Água é um tema profundamente transversal. Os desafios relacionados à água são muitas vezes desafios ligados a outros setores tais como energia, terras agricultáveis e segurança alimentar. Se levarmos em conta o futuro da água, se conseguirmos garantir sua disponibilidade  e  qualidade, estaremos garantindo a segurança em tantos outros domínios. Esta é a nossa responsabilidade com as futuras gerações deste planeta ", pondera.            

 

O Ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, que esteve prestigiando a solenidade de abertura, destacou os avanços na área de recursos hídricos nos últimos anos. "Vivemos uma era de extremos fruto de mudanças climática e precisamos nos adaptar. Para esta adaptação temos que ter cada vez mais investimentos para ampliação da infraestrutura hídrica e cada vez mais eficiência na gestão dos recursos hídricos", comentou.             

 

O XX  Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos se diferencia de edições anteriores por ter promovido um maior equilíbrio entre suas múltiplas dimensões, colocando ênfase na participação dos setores usuários da água e na troca de conhecimento com a sociedade local, sem se descuidar do seu pilar técnico e científico. As diversas atividades sociais que acontecerão na órbita simpósio mostram a forte dimensão que o evento alcança. De acordo com a presidente da comissão organizadora, Andrea Germano, a edição deste ano traz muitas inovações e uma programação bastante envolvente. "Esta é uma edição ímpar. Todos terão a oportunidade de se encantar com as belezas naturais de Bento Gonçalves e descobrir um manancial de cultura e hospitalidade que brota do solo gaúcho", destacou.            

 

Além de conferências, debates e apresentações de trabalhos técnicos, também haverá espaço para integração da comunidade. As ações incluem plantio de árvore para compensar emissões de gazes, festival gastronômico Água e Vinho, em parceria com a Aprovale e palestras para a comunidade abrangendo diferentes segmentos como hotéis, pousadas e meios de hospedagem, indústria, agronegócio e professores da rede de ensino.            

 

Outro destaque do simpósio é o Projeto Viva a Natureza, realizado em parceria entre o setor de Educação Ambiental, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Smmam), e a Proamb, e que pretende conscientizar 10 mil estudantes sobre a importância da água no planeta. A conscientização ocorre por meio de atividades lúdicas como teatro, oficinas, mostras e arte e literatura. "Este evento vem agregar valor às nossas crianças. Estas são as maiores disseminadoras de boas informações e vão fazer com que o nosso futuro seja melhor do que nosso presente", afirmou o prefeito Guilherme Pasin.  

 

 

Assessoria de Comunicação Social Prefeitura

Foto: Carina Furlanetto                        

ÁUDIOS

BANCO DE IMAGENS