menu
ALT + 1
conteúdo
ALT + 2
home
ALT + 3
pesquisar
ALT + 4

contraste

texto

Início do conteúdo

Agência de Notícias

Arquivo de Notícias

Prefeitura lança pedra fundamental da construção do "Hospital do Trabalhador"
06/09/2011
Ao colocar, simbolicamente, o primeiro tijolo na construção do chamado "Hospital do Trabalhador", o prefeito Roberto Lunelli estará iniciando também a concretização de um sonho de toda a população bento-gonçalvense e que beneficiará, inclusive, munícipes da região. Está agendada para o dia 7 de setembro, próxima quarta-feira, a partir das 10h30min, a solenidade de lançamento da Pedra Fundamental do hospital aberta a toda a comunidade. ?Estamos tornando realidade uma obra que começou a ser pensada ainda na década de 60, mas que está sendo idealizada após muito trabalho em equipe desta administração e força política junto aos órgãos competentes. Estamos conquistando muito nos últimos dois anos e isso não deixa de ser um reconhecimento ao potencial desta cidade, deste povo? comemora Lunelli.

Este evento contará com atrações culturais, muita festa e atos simbólicos com a maior representatividade da comunidade. As etnias estarão representadas, assim como as classes - trabalhadores, aposentados, empresários, estudantes, entre outros, que auxiliarão de forma simbólica no assentamento dos primeiros tijolos da obra. Música e balões também farão parte, além de alguns elementos surpresas que estão sendo preparados pela administração municipal para marcar a data. O evento é aberto à comunidade.

Obra já iniciou e está em andamento. (Fotos: Almir Dupont)

A obra
A obra dessa primeira fase terá em torno de 2 mil metros quadrados. O projeto (com área aproximada de 5.000 m²), contempla a ampliação da unidade de Pronto Atendimento e ambientes adicionais com área aproximada de 4.000 m², totalizando uma área estimada de 9.000 m².

As obras do Hospital do Trabalhador cumprem requisitos ambientais de sustentabilidade, tais como o reaproveitamento de água da chuva e as aberturas terão posicionamento para absorver o máximo possível de luz natural, aproveitamento de energia solar, entre outros.

O contrato foi assinado no mês de julho entre a Prefeitura de Bento Gonçalves e a empresa vencedora da licitação para a execução da primeira fase do projeto, a Engeporto Projetos e Construções Ltda. O Hospital estará localizado na rua Goiânia, 590, bairro Botafogo. Para a obra, estão sendo utilizados recursos do Governo Federal e recursos próprios.

?Trabalhamos com um quociente de 200 mil habitantes, pois o município já atende pacientes de cidades vizinhas. Com a construção da Unidade de Pronto Atendimento ? Tipo III, ou Hospital do Trabalhador, poderemos contar com o repasse mensal de R$ 250 mil, enquanto que hoje não recebemos nada. Com a conclusão da primeira fase teremos condições de atender até 450 pacientes dia? explicou o Secretário Municipal de Saúde Ivanir Zandoná.
 
Linha do Tempo:
 
Jan 2009: Assume nova gestão de governo com o desafio de liberação da área para a construção do Hospital.
 
Mar 2009: Várias reuniões ocorrem entre a Prefeitura, UFRGS, DAER, PGE e demais órgãos envolvidos para a liberação da área. Há duas alternativas em estudo: a cessão dos terrenos por prazo superior a 25 anos ou a transferência definitiva dos terrenos da UFRGS para o Município.
 
Abr 2009: O Prefeito, o Secretário Municipal de Saúde, o Diretor do Gabinete da Prefeitura e o Deputado Estadual Adão Vilaverde participam de audiência com o então Secretário Estadual de Saúde, que se comprometem em auxiliar para resolver a pendência entre a Universidade e o Estado para que haja transferência definitiva dos terrenos ao Município. É assinado um Protocolo de Intenções neste sentido.
 
A partir deste momento a Prefeitura passa a trabalhar em dois eixos distintos: de um lado dar continuidade à liberação dos terrenos e de outro a captação de recursos financeiros para as obras.
 
LIBERAÇÃO DO TERRENO
 
Abr/Set 2009: São realizadas reuniões e tratativas entre o DAER, Casa Civil do Estado, Secretaria da Fazenda e UFRGS para viabilizar a prorrogação do convenio entre o DAER e a UFRGS e possibilitar o ressarcimento pelas obras do anel viário no Campus do Vale da UFRGS.
 
Set 2009: É viabilizado reprogramação orçamentária pelo DAER para pagamento à UFRGS.
 
Nov 2009: A UFRGS acorda com os valores processados no montante de R$ 809.778,38.
 
Dez 2009: É assinado o 6º termo aditivo entre o Estado e a UFRGS o que possibilita ao Estado indenizar a UFRGS e esta liberar os terrenos ao Estado e posteriormente ao Município.
 
Jan 2010: É assinado o Protocolo de Intenções entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Bento Gonçalves objetivando a implantação do complexo hospitalar municipal.
 
Dez 2010: Governo Estadual envia projeto de lei do executivo autorizando a transferência dos terrenos.
 
Dez 2010: Em tempo recorde a Assembleia Legislativa do RS vota e aprova o projeto de lei do Executivo.
 
Jan 2011: Governador Tarso Genro assina a Lei de Doação.
 
Jun 2011: Em solenidade na Reitoria da UFRGS é assinada a escritura de transferência da área Estado e na semana seguinte do Estado para o Município, encerrando-se uma espera de mais de 12 anos, garantindo a construção do Hospital do Trabalhador.
 
ENGENHARIA E CAPTAÇÃO DE RECURSOS
 
Abr2009: Após o termo de compromisso de transferência dos terrenos assinado entre a Governo, a Prefeitura partiu de imediato na busca de recursos federais.
 
Jul 2009: O Município cadastra no Ministério da Saúde pedido de recursos para a construção da 1ª etapa que será a Unidade de Pronto Atendimento ? UPA.
 
Jul 2009: Comitiva de Bento formada pelo Prefeito, Secretários e Vereadores Elvio de Lima e Marcos Barbosa, representando o Legislativo, vão a Brasília em busca de recursos federais. O Prefeito anuncia o comprometimento dos Deputados Federais Pepe Vargas, Maria do Rosario e Henrique Fontana para inclusão no OGU 2010 Orçamento Geral da União de recursos para a construção do Hospital do Trabalhador.
 
Dez 2009: Deputados Federais se comprometem a incluir no Orçamento Geral da União, nos próximos anos, recursos para a construção do Hospital.
 
Abr 2010: Prefeitura abre processo licitatório (PP 81/2010) que prevê a contratação de empresa para desenvolvimento do projeto básico, projetos executivos de arquitetura e engenharia e projetos de obras complementares. Vence a licitação e é contratada a empresa Architectura Privilegiata Ltda.
 
Out 2010: O Prefeito leva ao Ministério da Saúde versão final do projeto da Unidade de Pronto Atendimento adaptado para receber unidades de internação na parte superior do prédio.
 
Dez 2010: Empresa de arquitetura apresenta o projeto e o plano diretor do Hospital. O evento é comemorado em grande estilo, com o auditório da Casa das Artes totalmente ocupado.
 
Dez 2010: Deputados Federais incluem emendas ao Orçamento da União de recursos para a construção: Deputado Pepe Vargas ? 1,35 milhão; Deputada Maria do Rosário ? 1,3 milhão sendo 800 no OGU de 2010 e 500 no OGU de 2011; Deputado Henrique Fontana, R$ 300 mil; Senador Paulo Paim R$ 100 mil. São captados R$ 3,05 milhões.
 
Abr 2011: O Ministério da Saúde libera a 1ª parcela de 10 % do valor da UPA (R$ 260 mil) possibilitando assim a abertura do processo licitatório.
 
Jul 2011: Aberto o edital da 1ª etapa correspondente à UPA.
 
Jul 2011: Departamento de projetos da Secretaria de Gestão Integrada e Mobilidade Urbana envia à Secretaria da Saúde documentos para licitação da 2ª etapa correspondente as áreas da Patologia e Fisioterapia.
 
Ago/Set 2011: Início da construção da I fase do Hospital do Trabalhador.
 
Movimento VEM UFRGS VEM

Outra ação desta quarta-feira, 07, será durante o desfile cívico, com a intensificação do movimento "VEM UFRGS VEM". Bento quer a universidade no município. Foram confeccionados 50 mil adesivos, 5 mil para carros e 30 placas (que estarão no desfile). O movimento é da sociedade, com apoio da Prefeitura. O movimento será apresentado a público de forma mais intensa a partir do dia 07, e a intenção é estender pra toda a região para abraçar essa causa.

O prefeito Roberto Lunelli cumpriu as agendas desta terça-feira com um capacete, o mesmo que vai usar amanhã na obra.

Em uma das reuniões do dia, recebeu o presidente do CIC, Henrique Tecchio.